Vítima de calote, empresário diz que está sendo acusado injustamente

01/06/2019

O empresário Luciano Veloso da Silva, dono de uma cerâmica na zona rural de Timon, entrou em contato com o cozinhandoogalo.com para dá sua versão do fato envolvendo ele e um outro empresario dono de um material de construção localizado na  zona urbana da cidade. Luciano, foi acusado de ter agredido com um cassetete o outo empresário e ainda ter atirado em direção ao carro do mesmo. Reveja a matéria abaixo 

De acordo com o empresário Luciano, ele se deslocava com seu irmão para a cerâmica que sus propriedade quando avistou o outro empresario que está a 07 meses lhe devendo, Luciano aproveitou para cobrar o debito e logo foi insultado e agredido verbalmente. Os dois se agarraram e iniciaram um luta corporal sem uso de qualquer tipo de arma ou objeto. A briga foi separada por terceiros.

No outro dia a polícia foi até sua empresa com a denúncia  de que o mesmo tinha agredido o outro empresário com um cassetete e atirado em direção ao carro. Os policiais encontraram na empresa uma arma sem registro. Sendo ele conduzido para a Delegacia de Polícia.

Ainda segundo o empresário Luciano, ele jamais fez uso da arma durante a briga que teve com  seu desafeto e que usa a arma na empresa como forma de proteção, pois além de mexer com altos valores financeiros a empresa fica afastada da zona urbana da cidade

"A arma sempre fica na empresa  pois a violência é grande e  ela serve como forma de proteção" disse Luciano.

Luciano, acrescentou também que aquele que se diz ter sido agredido está a 07 meses que comprou matéria de construção em sua empresa e tem colocado obstaculo para não quitar a conta.

""Ele está a vários meses me enrolando e sempre diz que está com dificuldades financeiras , mas sempre tenho informações que ele vive ostentando e participando de farras, e além de me dever ainda me acusa injustamente" desabafou o empresário Luciano Veloso

CLIQUE O PLAY ABAIXO E OUÇA A CELESTIAL WEB FM