Vereador Henrique Júnior foi absorvido e não perdeu o mandato

18/09/2019

O vereador Henrique Júnior e seus inúmeros eleitores podem dormir tranquilo. O parlamentar Timonense foi absorvido do crime de infidelidade partidária e vai continuar no mandato. 

A decisão foi do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, durante sessão de julgamento realizado na tarde desta quarta-feira(18), na cidade de São Luis.

Henrique Junior, no ano de 2018 trocou o PTC(Podemos) pelo PMN, sendo denunciado por infidelidade partidária. 

O parecer do Ministério Publico foi contrario a perda do mandato. O voto do relator também foi contrario a perda.

No entendimento o vereador Timonense não cometeu o crime de infidelidade partidária, tendo em vista que já não existia mais clima para a permanência do mesmo na antiga sigla partidária , como também ele recebeu a carta de liberação assinada pela presidente na época, Maura Jorge .

Ele foi absorvido por unanimidade no T R E e não perdeu o mandato.

Se o vereador tivesse sido cassado e perdido o mandato seria um prejuízo enorme para a cidade de Timon. O  mesmo é um dos mais atuantes na cidade e é tido como campeão de projetos que visam beneficiar a população Timonense.

A justiça foi feita e Timon não perdeu um grande vereador que com certeza vai continuar trabalhando em beneficio da população Timonense.