Ramon Júnior deverá não disputar a reeleição de vereador em Timon

02/09/2020

O advogado e empresario Ramon Júnior  não deverá tentar seu segundo mandato de vereador na cidade de Timon, nas próximas eleições municipais. Os rumores que circulam na cidade de Timon sobre a desistência de Ramon Júnior são enormes. 

Segundo informações que circulam da cidade, o mesmo deverá optar por cuidar de sua vida profissional e empresarial, pois o mandato tem tomado muito o seu tempo e impedido que o mesmo cuide de sua empresa e de sua profissão como advogado

Há quem diga que o candidato que deverá receber o apoio da família R A será o líder comunitário, Raimundo da Padaria, que também é assessor de Ramon Júnior e secretário do PP.

Uma coisa é certe, se confirmando essa decisão de Ramon Júnior, as coisas para a banda do PP deverá se complicar e o partido poderá amagar uma grande derrota nas próximas eleição, não elegendo nem um vereador.

Se com o vereador Ramon Júnior já quase impossível o partido atingir o coeficiente eleitoral, imagine sem o mesmo na disputa. Será praticamente impossível

Já anunciaram a desistência, Socorro Waquim, Raimundo da Ração, Antunes e Henrique Júnior. Caso Ramon Júnior confirme a desistência de tentar um segundo mandato, totalizará 05 vereadores que não disputarão a reeleição.