Porque o coronel foi para o partido do vice governador que é aliado dos Leitoas em Timon?

24/12/2019

Uma questão simples .

Coronel Hormann Schnneyder veio para Timon a mando do governador Flavio Dino, Rafael Leitoa é líder do governo na assembleia . Luciano leitoa  é presidente estadual de um partido que inclusive o governador deve-se filiar . Horas , se o governador sinaliza para se filiar no PSB , para ser candidato a presidente da republica e na executiva nacional só tem do Maranhão Luciano Leitoa e que está à frente do partido a 10 anos no estado .Porque o vice governador que sonha em ser governador iria comprar briga com o presidente estadual do PSB ? . Porque o vice governador iria comprar briga com o deputado líder do governo na assembleia, deputado Rafael Leitoa ?

Vale a pena relembrar; Brandao foi chefe da casa civil quando Zé Reinando foi governador . E que foi Zé Reinaldo que o grupo leitoa apoiou em 2014 para deputado federal e em 2018 para senador . O chefe da casa civil hoje e Marcelo tavares ( PSB ) sobrinho de Zé Reinaldo , aliado de luciano leitoa . É uma questão apenas de analisar os fatos

Não custa nada lembrar que Schnneyder disse não para o PSDB, partido de oposição tanto ao governador Flavio Dino, como também aos Leitoas e preferiu se acomodar em um partido de situação. a ir tem coisa!

Na semana passada ele já colocou  no partido sua mulher advogada dores.

Será que a ida do coronel para o PRB é para tentar ser vice na chapa do grupo do governador Flavio Dino em Timon, ser vice dos Leitoas?