Policial militar assassina a esposa e depois tira a própria vida

06/06/2020

Um policial militar do Distrito Federal assassinou a esposa, neste sábado (06/06), e em seguida se matou. O feminicídio ocorreu em Ceilândia Sul, em uma quadra na QNM 03.

Segundo informações preliminares, o policial teria utilizado a arma da corporação para cometer o crime. O filho do casal estava na residência no momento dos disparos, mas não foi ferido.

O policial era o 2º sargento Ricardo dos Santos Beserra, 42 anos, lotado na DLF, Departamento de Logística da PMDF. Policiais ouvidos pelo Metrópoles afirmaram que o militar era querido na corporação e tinha bom relacionamento com a tropa.

De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, o sargento havia pedido 15 dias de licença há pouco tempo. O militar não apresentava problemas psicológicos ou sinais que apresentariam um possível quadro depressivo.

O crime

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que a irmã da vítima, por volta das 7h30 deste sábado (06/06), informou a corporação do crime. A mulher tinha 46 anos. A perícia do caso está a cargo da 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

Fonte: Metrópoles