Para quem se diz defensor dos bons costumes, defende a segurança e é contra a violência, se juntar com quem foi condenado por agredir mulher não pega muito bem e seu discurso cai por terra

09/02/2020

Uma foto que circulou nas redes sociais, no qual aparece o tenente-coronel Hormann Schnneyder e sua esposa almoçando com os irmãos Ramon Júnior e Rayonne Alves não foi visto com bons olhos por muitos Timonenses que são contra violência contra mulher. É que os dois irmãos foram condenados por agredir uma mulher e espulsar de um imovel pertencente ao vereador Ramon Júnior. Além de agredir a pobre mulher, o vereador ainda reteve os moveis da vítima.   

Reveja abaixo a materia e a acão condenatoria.

Essa aproximação politica demonstra que o tenente-coronel apoia quem agride mulher e não está nem a ir para a violência. Logo ele que se diz tão correto, defensor dos bons costumes e dá segurança, é de se espantar com tal aproximação. Significa dizer que para chegar ao comando da prefeitura de Timon ele é capaz de se juntar com qualquer tipo de pessoa e se for nescessário vende até a alma para o capeta. 

O que também chama a atenção é o largo sorriso da advogada Doris. Seu sorriso passa a triste imagem que os agressores de mulheres devem ser visto sempre com bons olhos. 

Com certeza depois dessa as mulheres de Timon irão ver o casal Hormann Schnneyder e Doris com outros olhos e terão uma outra impressão" Agredir mulher é normal" 

Não custa na lembrar que o casal se diz evangelicos e conhecedores da palavra de Deus.