Na cidade de Timon,um grande número de presos foram liberados para ficarem em casa durante a quarentena do coronavírus

23/03/2020

A decisão foi da justiça e beneficiou 128 detentos. Os beneficiados como a medida foram os idosos e os que sofrem de doenças cronicas.

Só do presidio do Maracujá foram liberados 58 detentos. No Jorge Viera o número foi maior,. Lá 70 internos foram liberados.

 De acordo com informações do diretor do presidio Jorge Vieira,dos 70 liberados , 45 já tem o costume de sair diariamente para trabalhar e agora em vez de dormir no presidio, irão dormir em casa.

Os presos liberados terão que retornar aos presídios no dia 31 de maio. Durante o período de liberação os mesmos terão que ficar em sua casas,como forma de evitarem o contagio ou propagação do coronavius