Ministério Público pede perícia médica para Dutra reassumir a prefeitura de Paço do Lumiar

03/03/2020

Logo após o prefeito afastado Domingos Dutra (PCdoB) aparecer no centro administrativo de Paço do Lumiar e 'reassumir' o cargo, a promotora Raquel Pires de Castro pediu à Justiça uma perícia médica que comprove se Dutra tem condições de saúde para trabalhar na prefeitura.

No documento, a promotora cita dois laudos médicos de quando Dutra estava internado, após um AVC. Neles, os médicos apontam sérios traumas neurológicos e não citam possibilidades dele assumir a Prefeitura de Paço do Lumiar em um curto prazo.

A desconfiança de que Domingos Dutra não tem capacidades neurológicas para assumir o cargo também vem de alguns filhos. Daniel Dutra, por exemplo, afirma que as assinaturas das exonerações desta segunda (2) foram falsificadas. Em um vídeo que circula na internet, Domingos Dutra aparece com dificuldades motoras para fazer uma assinatura.

Dutra se recuperava de um AVC

Dutra sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 24 de julho, passou por cirurgias e precisou ficar vários dias internado. Após o caso, Dutra foi afastado e a vice-prefeita, Paula Azevedo (SD), assumiu a prefeitura.

Após AVC em Domingos Dutra, vice Maria Paula toma posse como prefeita de Paço do Lumiar - Foto: Reprodução/TV Mirante

Dutra chegou a ser retirado do hospital antes de receber alta médica e levado por sua esposa, Núbia Dutra, para um local desconhecido, para continuar o tratamento. Tempos depois, Domingos Dutra foi levado para um hospital em São Paulo e, nos últimos meses, se recuperava em casa, no Maranhão.

Nesta segunda (2), acompanhado pela esposa e ex-secretária de Administração e Finanças, Núbia Dutra, o prefeito afastado chegou no local e já apresentou medidas, como a exoneração de alguns atuais secretários.

A assessoria da prefeita interina Paula Azevedo afirmou que Dutra 'invadiu' o centro administrativo e não existe nenhum embasamento jurídico para seu atual retorno à prefeitura. Também diz que prefeito fez apenas um comunicado à câmara de vereadores, que ainda precisa empossá-lo.

A assessoria de Paula declarou ainda que é necessário que Dutra prove, por meio de avaliação médica, que está plenamente recuperado e em pleno gozo de suas faculdades mentais.

Paula Azevedo, inclusive, pediu o bloqueio da contas da prefeitura para que Dutra não possa usar os recursos do município. A medida, segundo ela, é para evitar prejuízos ao erário.

Fonte: G 1