Imagens fortíssimas: Chacina deixa quatro mortos e jovem ferida em estado grave

06/05/2019

Local da chacina
Local da chacina

Uma chacina deixou quatro mortos e uma jovem, de 18 anos, ferida em estado grave na madrugada deste sábado (4) em uma casa no bairro Bela Vista, zona Oeste de Boa Vista. Cada uma das vítimas foi executada com um tiro na cabeça, segundo a Polícia Militar.

Três das vítimas eram os irmãos Gabriel Gomes da Silva, de 19 anos, Deyvisson da Silva Campos, 18, e David da Silva Campos, 17. A quarta vítima foi Davi Rodrigues, 17, amigo dos irmãos.

A jovem Karinne Horrana Castro Soares, de 18 anos, foi a vítima encontrada viva. Ela foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Pronto Socorro Francisco Elesbão. Karinne era namorada de Gabriel.

Os corpos foram encontrados pela PM por volta de 1h18 na sala de uma casa. As vítimas estavam todas uma ao lado da outra e de frente para a parede.

Segundo familiares, os três irmãos moravam sozinhos desde que mãe morreu, há dois anos, vítima de leucemia. O pai deles mora no interior. O mais velho, Gabriel, fazia o ensino médio na escola estadual Fagundes Varela e trabalhava fazendo bicos.

Davi Rodrigues, segundo familiares, estudava com Gabriel. De acordo com amigos das vítimas, os outros dois irmãos e Karinne não estudavam.

A mãe de Carina disse à PM que a jovem morava na residência com o namorado, mas não soube dizer se os dois tinham envolvimento com tráfico ou o crime organizado.

Ainda não se sabe a motivação do crime e nem como ocorreu a chacina. A porta da cozinha da casa foi arrombada e familiares dor irmãos disseram ter notado a marca de um sapato na porta.

Moradores do bairro, vizinhos à casa, relataram ao G1 ter visto um carro branco modelo Corsa rondando o imóvel dos irmãos durante a madruga, mas ninguém soube dizer a placa. O mesmo veículo já havia sido visto pela rua há algumas semanas.

Amigos e parentes informaram que os irmãos eram usuários de drogas, mas negaram que eles tivessem ligação com facções. Ainda de acordo com amigos, todas as vítimas tinham celulares, mas os aparelhos não foram encontrados na casa.

A PM encontrou cinco cápsulas de bala e dois projéteis calibre 38 na residência. A Delegacia Geral de Homicídios (DGH) e a perícia foram acionados. Os corpos foram removidos pelo Instituto Médico Legal.

Em nota, a Polícia Civil informou que "mais informações só poderão ser repassadas com o andamento e conclusão das investigações".

Fonte: G 1

Clique o link abaixo e ouça a Celestial Web FM