Homem processa os pais por terem jogado fora coleção de filmes pornô

16/04/2019

Justiça de Michigan, Estados Unidos, recebeu na semana passada um processo inusitado. Na ação, um homem, identificado como Charlie, pede uma indenização de quase US$ 87 mil dos pais porque eles teriam jogado sua coleção de filmes pornô no lixo. Tudo começou quando rapaz se mudou da casa do pais, onde morava há 10 meses após se divorciar da mulher.

Quando saiu de lá, os pais foram entregar alguns pertences ao filho, no entanto, ele acabou sentindo falta de uma caixa com 12 filmes adultos. Os pais, então, confessaram que destruíram a coleção. Chateado, Charlie chamou a polícia e fez um boletim de ocorrência. Segundo o rapaz, os vídeos valem US$ 28 mil.

Na ação, segundo a rede Fox News, o pai de Charlie diz que jogou fora os pornôs porque os filmes estavam destruindo a "saúde mental e emocional do filho". "Eu faria o mesmo se tivesse encontrado 1kg de crack. Espero que, um dia, você entenda", disse o pai.

De acordo com o filho, os filmes eram valiosos, pois pertenciam a produtoras que estão fora do mercado há 20 anos. A ação segue na Justiça.

CLIQUE O PLAY ABAIXO E OUÇA A CELESTIAL WEB FM