Homem morre preso em um buraco ao tentar entrar em uma casa para estuprar uma deficiente mental

05/11/2017


O agricultor Antônio de Sousa Almeida, de 33 anos, morreu preso, em um buraco que abriu para tentar violar o quarto  de uma residência em que vivia uma jovem com problemas mentais pela qual era apaixonado.

O fato aconteceu na última sexta-feira(03)no povoado Serra dos Matões, na zona rural de Pedro II, no Sul do Piauí.

De acordo com a Polícia Militar (PM) de Pedro II foi  ela foi acionada na sexta-feira para acompanhar o caso da descoberta do corpo de Antônio de Sousa Almeida, que foi encontrado morto e preso em um buraco na parede de uma residência .

Ao chegar a residência os policiais militares constataram que Antônio de Sousa Almeida estava morto por não conseguir respirar preso no buraco muito apertado aberto no quarto da deficiente mental, onde ele tentou entrar.

 De acordo com a mãe da jovem, sua filha foi dormir e na madrugada levantou da cama para tomar água e quando acendeu a luz viu o homem com o corpo dentro do quarto e cabeça presa no buraco e correu para chamá-la.

Ainda de acordo com a mãe, não era a primeira vez que Antônio de Sousa fazia buraco no quarto de sua filha, já que tinha entrado no cômodo outra vez.

Um irmão de Antônio de Sousa Almeida relatou que ele tinha problemas com bebidas alcoólicas e era apaixonado pela moça, que morava no quarto da residência, que ele queria entrar.