Filho de Flordelis e do pastor confessa que matou pai a mando de irmão, diz polícia

18/06/2019

Lucas dos Santos, 18 anos, um dos filhos adotados pela deputada federal Flordelis (PSD/RJ) e pelo pastor Anderson do Carmo de Souza - morto na madrugada desse domingo (16/06/2019), foi um dos executores do assassinato. O crime teria ocorrido a mando de Flávio Rodrigues de Souza, 38, filho biológico da parlamentar. As informações são da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

O motivo do crime seria uma suposta traição de Anderson. Ao prestar depoimento, Lucas teria decidido confessar seu envolvimento depois de entrar em contradição. O rapaz acusou o irmão. A declaração foi dada após policiais mostraram imagens de câmeras de segurança, em que ele aparece na cena do assassinato.

Lucas e Flávio foram presos nessa segunda-feira (17/06/2019). A polícia investiga a participação de um terceiro envolvido. Os filhos tomaram as dores da mãe e executaram o pastor. Há uma concentração de tiros na genitália da vítima.

As diligências estão a cargo da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG).

Entenda

O pastor Anderson do Carmo, marido da cantora e deputada federal Flordelis (PSD-RJ), foi morto na madrugada desse domingo (16/06/2019), em Niterói. Os dois são pais de 55 filhos, sendo quatro biológicos. Eles moravam na comunidade do Jacarezinho quando adotaram, de uma vez, 37 crianças - todas sobreviventes de uma chacina ocorrida na estação Central do Brasil. De acordo com a deputada, essa é a sua maior bandeira.

Na segunda-feira (17/06/2019), a polícia prendeu dois filhos do casal, Lucas dos Santos e Flávio Rodrigues de Souza. Eles usaram pelo menos duas pistolas Glock calibre. 9mm. Segundo informações da polícia, os assassinos chegaram a dopar o cachorro da família para chegar à residência. Investigadores vão analisar imagens das câmeras de segurança para descobrir a identidade dos autores.

Deputada Flordelis

Pastora evangélica e cantora gospel, Flordelis recebeu 196.959 votos no primeiro mandato, sendo a quinta mais votada no Rio de Janeiro, com 2,55% dos votos válidos no estado. Ela já havia sido candidata em 2004 a vereadora em São Gonçalo (RJ), pelo então PMDB.

Fonte: Metrópoles

CLIQUE O PLAY ABAIXO E OUÇA A CELESTIAL WEB FM