Em Timon,mãe faz apelo por vaga em UTI Neonatal para o filho; ela está em desespero

09/04/2019

A dona de casa Silvana Lopes Leite deu à luz há 9 dias, de parto cesariana, ao pequeno Caio Rian Lopes da Silva, no Hospital Regional Alarico Pacheco, no município de Timon (MA). De acordo com Silvana, ao receber alta e ser levado para casa, o recém-nascido contraiu uma forte gripe que evoluiu para um quadro de bronquiolite aguda. Agora, a criança precisa, com urgência, de uma vaga em uma UTI Neonatal, mas o hospital informou que não há leitos disponíveis no momento.

Silvana Lopes denuncia ainda que não está recebendo um bom atendimento e que está desesperada com essa situação. "Enquanto a vaga não aparece, meu filho está morrendo aqui na minha frente e eu vendo tudo sem poder fazer nada. Estou arrasada e eles querem que eu tenha paciência diante dessa situação. Isso só está acontecendo por negligência da médica que não quis atender ele na primeira vez que trouxe meu filho ao hospital", acrescentou.

O Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco é administrado pelo Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES). A reportagem entrou em contato com o órgão, mas não obteve resposta até o fechamento desta reportagem. A unidade hospitalar possui 50 leitos e oferece atendimento nas áreas de clínica médica, pediatria, obstetrícia, cirurgia geral e urologia para uma população estimada de 247 mil pessoas.

Fonte: Meionorte.com

CLIQUE O PLAY ABAIXO E OUÇA A CELESTIAL WEB FM