Em menos de 24hs cinco pessoas foram assassinadas em Timon; já são 09 em uma semana

21/09/2020

A cidade de Timon tem apresentado um grande índice de assassinatos. Em uma semana já foram registrados 09 homicídios. 

O domingo voltou a ser sangrento com 05 pessoas assassinadas.

A primeira vítima de mais uma semana sangrenta, foi Jefferson Lopes Monteiro, de 25 anos. Ele foi morto a tiros nas primeiras horas de domingo(20) no cruzamento da Rua M com a rua 17, do Bairro Cidade Nova.

Segundo a polícia, a vítima era envolvido no submundo do crime e respondia processo por roubo

já pela manhã  o militar aposentado Francisco de Assis da Soledade , de 68 anos e sua esposa Maria Antônia Vilar da Soledade, de 70 anos, foram mortos a tiros durante um assalto quando casal chegava em casa vindo da feira do parque Alvorada. O crime aconteceu na rua 04 e foi cometidos por dois elementos que já foram presos pela polícia.

A noite de domingo mais dois assassinatos. No Parque Alvorada, homens armados invadiram um residência e mataram a tiros um homem identificado como Hudson Cabral Pereira. " Conan da 300" 

Segundo a polícia, a vítima era envolvido no submundo do crime  e respondia processo por crime  por tráfico de drogas e assaltos.

Pra fechar o domingo sangrento em Timon, Iuri Sousa Cunha, de 22 anos foi  assassinado na rua Acácia do residencial Primavera.

 Segundo a polícia, Iuri que tinha várias passagens por crime de roubo e receptação, foi perseguido por uma dupla que andava em uma motocicleta e ao ser alcançado foi morto com vários tiros.

Até agora o novo comandante do 11° Batalhão, tenente -coronel Araújo, ainda não se manifestou sobre tanto derramamento de sangue na cidade de Timon.

Jefferson ,Conan e Iuri
Jefferson ,Conan e Iuri

Até agora o novo comandante do 11° Batalhão, tenente -coronel Araújo, ainda não se manifestou sobre tanto derramamento de sangue na cidade de Timon.

Tudo está indicando que a saída do coronel Ribeiro do comando do  11° Batalhão de Timon causou um grande prejuízo para cidade e deixou a bandidagem mais a vontade para cometer seus crimes. Pois o mesmo não dava trégua para a bandidagem.