Em Matões,a morte do vereador Solimar beneficiou Ferdinando Coutinho e causou um grande prejuízo politico para Gabriel Tenório

25/08/2019

Além de provocar um grande comoção na cidade de Matões, a morte do vereador Solimar provocou uma reviravolta na politica Matoense, Além de seu suplente Cier Parrate que será o mais beneficiado e assumira a vaga deixada por Solimar, o prefeito Ferdinando Coutinho também será beneficiado pois aumenta sua base politica na Câmara Municipal que passa de 10 para 11 vereadores. Tudo isso porque Cier Parrate que antes era oposição, recentemente aderiu ao grupo de situação.

Prejuízo politico foi para a oposição, principalmente para o líder Gabriel Tenório que além de ter o número reduzido de vereadores que apoiarão sua candidatura em 2020, perde um grande aliado, cabo eleitoral e puxador de votos. Sem contar que o Povoado Santa Luzia considerado reduto da oposição passa a ficar praticamente 100% solta. 

Segundo informações vindas de Matões, se as chances de Gabriel Tenório vencer as eleições em 2020, agora com a morte de Solimar as chances dele reduziram muito. Situação inversa acontece com o prefeito Ferdinando Coutinho que além de perder um adversário  e tirador de votos, ganhou mais um vereador aliado e se fortaleceu politicamente aumentando assim as chances de ser reeleito.     

No entendimento de muitos que acompanham a politica de Matões, vai ser muito difícil para Gabriel se recuperar desse prejuízo politico. Foi um verdadeiro balde de água fria em sua pretensão de chegar ao comando da prefeitura .   

Cier Parrate é filiado ao MDB. Em 2016 disputou o mandato pela coligação PV / PMDB / PSD,obteve 497 votos e ficou na primeira suplência e mesmo seu partido sendo de oposição ele pode seguir tranquilamente a linha de situação e não terá nem um risco de perder o mandato.

Ele que estava sobrevivendo transportando em seu carro passageiros de Matões para Caxias, tomara posse na próxima terça-feira(27)

A morte sempre causa tristeza em uns e proporciona alegria em outros.