Debandada:Áudio,vários vereadores, pré candidatos, partidos e lideranças abandonam a candidatura de Schnneyder

10/09/2020

O pré candidato a prefeito de Timon, Comandante Schnneyder está vivendo nesses últimos dias o que podemos dizer" dias de baixas" em sua pré candidatura.

Em menos de 48hs o mesmo perdeu vários apoios importantes que estavam levantando a sua bandeira. Na relação os vereadores Anderson Pêgo, Ramon Júnior e Antunes Macêdo. PP e PSDB encabeçam a relação dos partidos que deixaram a pré candidatura de Schnneyder.

Vereador Anderson Pêgo já não é mais aliado
Vereador Anderson Pêgo já não é mais aliado

Além de vereadores de mandatos, o pré candidato a prefeito também perdeu o apoio de vários outros pré candidatos a vereadores e lideranças politicas e comunitárias de Timon.

Foto antes do rompimento
Foto antes do rompimento

Segundo informações obtidas pelo cozinhandoogalo.com. a pré candidatura do Comandante Schnneyder ainda poderá sofrer mais perdas.

As baixas tem caído como uma bomba no meio politico e causado um grande estrago nas pretensões politicas do ex-comandante.

Segundo alegações daqueles que decidiram não mais seguir como o ex-comandante, dentre eles o vereadores Anderson Pêgo, Ramon Júnior e Antunes Macêdo, Schnneyder. não inspira confiança, tem dupla personalidade e é um" lobo em pele de cordeiro" e o mesmo chegando ao comando da prefeitura poderá levar a população timonense a um grande prejuízo. 

Ainda segundo aqueles que retiraram a apoio, o pré candidato a prefeito tem comportamentos e atitudes duvidosas que vai de encontro com que o mesmo prega na cidade.

Ramon Júnior também deixou o pré candidato a prefeito
Ramon Júnior também deixou o pré candidato a prefeito

Na manhã da última quarta-feira(09), o vereador Anderson Pêgo participou por telefone do Programa do Galo, na Celestial FM e além de falar o motivo de sua saída do lado de Schnneyder, o mesmo fez duras criticas ao pré candidato a prefeito. Ele também usou a tribuna da Câmara Municipal e bateu forte no ex-comandante. Ouça abaixo a entrevista