Banco Central deve retirar nota de R$ 200 de circulação sob pena de multa diária

15/10/2020

Uma ação civil pública protocolada pela Defensoria Publica da União pede que o Banco Central do Brasil retire de circulação as novas cédulas de R$ 200. Isso por causa do tamanho da nota, que é menor que a de R$ 20, por exemplo.

A DPU alega que "falta acessibilidade" nas dimensões da nota do lobo-guará. Assim, a cédula deve ser tirada de circulação pouco tempo depois de ser lançada no mercado. Caso o projeto não seja revisto pelo órgão, a ação civil pública prevê o pagamento de multa diária fixa de R$ 50 mil.

Com os tamanhos diferenciados, os deficientes visuais conseguiam distinguir os valores, até então. Porém, com as medidas similares às da cédula de R$ 20, a novidade do BC pode confundir as pessoas que reconhecem o dinheiro pelo tamanho.

A ação também fala em "exclusão e prejuízo aos exercícios dos direitos desta comunidade (deficientes visuais)".

Fonte: DIARIO DO ESTADO