Imagem forte: Após esfaquear esposa por auxílio emergencial, ex-presidiário é morto a pedradas em Teresina 

17/08/2020

Um homem identificado como Arilton da Costa de Almeida, 35 anos, foi morto a pedradas na madrugada deste domingo (16), na Vila da Paz, zona Sul de Teresina. Em uma confusão ocorrida na noite da última sexta-feira ele esfaqueou a esposa e familiares dela e ,prometeu que, quando voltasse para a casa, iria tocar fogo na residência.

Nesta madrugada ele voltou para casa e populares, revoltados, lhe agrediram no meio da rua com várias pedradas na cabeça. De acordo com informações apuradas no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP) a briga na sexta-feira foi motivado por dinheiro. O homem agrediu a mulher porque ela teria sacado e gastado todo auxílio emergencial, benefício pago pelo Governo Federal.

Ainda de acordo com o DHPP, a esposa de Arilton sofreu várias facadas e foi encaminhada para hospital. Segundo a polícia, na confusão ele também desferiu golpes de faca na sogra, no cunhado, em um amigo do cunhado e em um idoso.

Arilton era ex-presidiário e já cumpriu pena por furto e estupro.

A autoria do linchamento ainda não foi identificada.

O caso segue sob investigação do DHPP.

Fonte: Cidadeverde.com