Vereador de Teresina é denunciado por agredir sua funcionária que estava gravida, ela chegou a perder o bebê

27/04/2017

A delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher do Centro, confirmou  que o vereador Lázaro Carvalho do PPS, foi denunciado por agressão e assédio moral.

A vítima é sua secretária que registrou boletim de ocorrência contra o vereador que é médico e proprietário da Clínica Urogin.

Segundo relato da vítima, no dia 20 deste mês ela foi surpreendida com agressões e palavras de baixo calão que teriam sido proferidas pelo vereador durante atendimento em sua clínica.

"Ela foi avisá-lo sobre o pagamento de uma cliente e o vereador se irritou, fechando a porta e proferindo palavras de 'burra' e de baixo calão. Ela relata que ele chegou a sacudi-lo, que não entendeu sobre a agressão e que ficou muito nervosa, chegando a perder o bebê", contou Vilma Alves.

Em seu depoimento, a vítima revelou que estava com menos de um mês de grávida e ao sofrer a agressão teve sangramento e dois dias depois sofreu aborto.

"Pelo relato da vítima, houve crimes de constrangimento, assédio moral, agressão psicológica e provocação de aborto", disse a delegada.

Vilma Alves informou que irá convocar o vereador para prestar depoimento e fazer sua defesa.

Fonte cidadeverde.com