Campanha de vacinação antirrábica lota postos de atendimento em Timon

26/11/2016

Os donos de cães e gatos lotaram os postos de atendimento neste sábado(26), o 'Dia D' da campanha de vacinação antirrábica em Timon.                                                                                                                                             Vários postos foram espalhados pela cidade e funcionaram das 8 hs até as 17h, na campanha promovida pela Secretaria Municipal de Saúde através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Embora a raiva esteja controlada nessas espécies na cidade de Timon, a vacinação anual não pode ser dispensada, já que, além de ser obrigatória por lei, é o fator de maior relevância para garantir a manutenção de controle da raiva nas populações de cães e gatos e, por consequência, para a população humana.

"A imunização tem validade de até um ano, por isso é importante que mesmo quem vacinou em 2015, vacine agora em 2016 para reativar a memória imunológica do animal.

É bom lembrar que a raiva é uma das doenças mais letais, então, quando você imuniza seu cão ou gato, está quebrando um ciclo de transmissão que é o urbano.                                                                                                                                                                                                                                              Quando você vacina, toma duas medidas importantes, protege seus animais e a população humana que convive com eles", ressaltou um veterinário, que explicou ainda que a vacina não tem contraindicações, mas é preciso que os donos dos animais estejam atentos para o caso algum tipo de reação.

"Doi mais na gente do que nele. Eu acho que todo mundo que cria um cachorrinho acaba tendo ele como um filho, então a gente faz de tudo para ter cuidado com a saúde dele", disse a dona de casa Ana Teresa, dona da cadela Samantha, que foi vacinada em um dos postos de vacinação, instalado no CSU

De acordo com o Marcio Sá, secretário municipal de saúde, quem não conseguiu vacinar neste sábado(26), deve levar seu animal CCZ em qualquer dia da semana.

"A vacinação no CCZ é contínua, e quem não pode vacinar hoje deve levar um outro dia no Centro para garantir a imunização do cão ou gato, as vacinas continuarão ao longo dos dias na sede do CCZ" disse Marcio Sá, que acompanhou de perto a campanha de vacinação.