Mulher corta garganta do filho de 6 meses, ela ouvia vozes estranhas dizendo que a criança não era o bebê dela e sim o diabo

28/11/2016

Um caso que chocou a cidade de Newcastle, Reino Unido, foi julgado esta semana. Uma mãe, de 26 anos, cortou a garganta do filho de seis meses porque "uma voz" dizia que ele era o diabo. Após o crime, o marido encontrou ela e a criança em um colchão cheio de sangue.

Segundo a jovem contou na época, vozes estranhas diziam que a criança "não era o bebê dela, que eu deveria dar um jeito nela". "Foi bem assustador. Dizia que estava segurando um capeta", disse, segundo o jornal Daily Mail. Em setembro, quando o caso ocorreu, ela foi levada para uma instituição psiquiátrica. No local, após exames, constataram que ela tem síndrome de Capgras, que causa delírios.

No julgamento, ela foi considerada inocente da morte do filho. No entanto, vai permanecer internada na instituição psiquiátrica.

Fonte: METROPÓLES