Enrascado, aliado de Alexandre Almeida pode ser preso a qualquer momento.

14/05/2017

Complicadíssima a situação do ex-presidente estadual do PSD e aliado do deputado Alexandre Almeida, o mesmo está enrolado até a tampa e pode ser preso a qualquer momento.

 Trinchão, junto com a ex-governadora Roseana,  o ex-secretário Akio Valente Wakiyama), os ex-procuradores-gerais do Estado (Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo e Helena Maria Cavalcanti Haickel) e outros está envolvido em um esquema de concessão ilegal de isenções fiscais na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

Ambos causaram um rombo de 410 milhões aos cofres poblicos do Maranhão.

As investigações do Ministério Público do Maranhão, a partir de auditorias realizadas pelas Secretarias de Estado de Transparência e Controle e da Fazenda, 'apontaram irregularidades como compensações tributárias ilegais, implantação de filtro no sistema da secretaria, garantindo a realização dessas operações tributárias ilegais e reativação de parcelamento de débitos de empresas que nunca pagavam as parcelas devidas'.

"Também foram identificadas a exclusão indevida dos autos de infração de empresas do banco de dados, além da contratação irregular de empresa especializada na prestação de serviços de tecnologia da informação, com a finalidade de garantir a continuidade das práticas delituosas", afirma a Promotoria.

Em Fevereiro os bens do ex-presidente do PSD dos outros envolvido foram bloquedos pela justiça, através da juíza Oriana Gomes destacou. "A ação principal que hoje se encontra com mais de 20 volumes traz provas indiciárias sobre a evasão de grande quantia do cofre público deste Estado."

A finalidade do bloqueio e o decrerto do sequestro de todos os bens móveis e imóveis em nome dos requeridos foi de restituir ao erário os valores obtidos pela lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito."

Em 2014 o deputado Alexandre Almeida apoiou o mesmo aqui em Timon e repassou mais de 5 mil votos, em 2016, Trinchão vestiu a camisa de Alexandre na disputa pela prefeitura

Os dois são grandes parceiros políticos, o que muitos perguntam é quem  Alexandre vai apoiar para federal em 2017, já que Trinchão está todo enrrolado e no proximo ano pode está até atrás das grades.  

Claro que encontrar um bom nome e que tenha a mala gorda não vai ser problema para Alexandre Almeida, deputado estadual de dois mandatos e com uma grande votação para prefeito em 2016, isso conta muito e muitos querem seu apoio.