Imagens fortes,assaltantes são linchados até a morte após cometerem assalto e matarem um idoso no interior do Maranhão

20/08/2017

Moradores do interior do município de Santa Luzia, lincharam até a morte três assaltantes que cometeram um latrocínio na região, na quinta-feira (17). Um dos assaltantes foi morto no dia do crime; os outros dois foram mortos neste sábado (19), após serem localizados pela população no município de Altamira. 

De acordo com informações da Polícia Civil de Santa Inês, os três assaltantes se dirigiram ao povoado de Duas Barracas para cometer assaltos. Eles tentaram roubar uma motocicleta de um casal, na quinta-feira (17). Um dos homens ficou aguardando no carro para dar apoio; os outros dois efetuaram o assalto.

Durante a tentativa de roubo, os dois criminosos feriram o casal e tentaram levar a motocicleta, mas a moto, por defeito no motor, não funcionou.

Irritados, os criminosos atiraram contra o casal e desferiram golpes de faca contra o homem(foto abaixo). A mulher, ainda não identificada, ficou gravemente ferida e o homem foi morto. Após o crime, dois dos assaltantes correram para um matagal. O terceiro criminoso envolvido no delito continuou aguardando no veículo próximo ao local.

A população o encontrou pouco depois do ocorrido e pôs fogo no veículo onde ele estava. Em seguida, o homem foi espancado pelos populares.

A Polícia Militar chegou algum tempo depois, mas os moradores da região que permaneciam no local continuaram a espancá-lo até a morte. Devido ao número de pessoas, a PM não conseguiu conter a multidão. Ele foi o primeiro a ser morto pela população.

Os outros dois participantes do latrocínio conseguiram fugir, mas foram localizados hoje, de acordo com a polícia, no município de Altamira do Maranhão, onde foram assassinados por moradores da região.

"Todos os três são naturais de Santa Inês", explicou o delegado Ederson Martins. "Dois deles já eram velhos conhecidos da polícia, pois já tinham longo histórico de crimes cometidos", salientou.

A mulher foi encaminhada em estado grave para um hospital do município de Bacabal.

A Polícia Civil agora investiga quem foram as pessoas envolvidas no linchamento dos três assaltantes.