Alexandre Almeida está na relação dos campeões de faltas na Assembleia Legislativa do Maranhão

21/02/2017

Cerca de 5 deputados tiveram quase 50% de ausência na Assembleia Legislativa do Maranhão, segundo pesquisa realizada pelo Blog do Neto Ferreira nas atas das sessões publicadas no Diário Oficial. Os dados mostram que os parlamentares usam e abusam da falta de fiscalização e não comparecem às sessões legislativas, e, sequer apresentam justificativas.

Em 2015, os campeões de ausências foram os deputados Nina Melo (PMDB) com 73 faltas; Hemetério Weba (PV) com 66 faltas; Antônio Pereira Filho (DEM) com 62; Alexandre Almeida com 61 e Edson Araújo com 60 faltas.

De acordo com o o Art. 77 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa, o parlamentar pode perder o mandato se deixar de comparecer, em cada sessão legislativa ordinária, à terça parte das sessões ordinárias da Casa, salvo licença ou missão autorizada.

Veja abaixo quantas faltas cada deputado teve em 2015:

1- Nina Melo (PMDB) com 73 faltas;

2- Hemetério Weba (PV) com 66 faltas;

3- Antônio Pereira Filho (DEM) com 62 faltas;

4- Alexandre Almeida (PSD) com 61 faltas;

5- Edson Araújo (PSL) com 60 faltas;

6- Léo Cunha (PSC) com 58 faltas;

7- Sérgio Frota (PSDB) com 57 faltas;

8- Paulo Neto (PSDC) com 55 faltas;

9- Glalbert Cutrim (PDT) com 53 faltas;

10- Josimar de Maranhãozinho (PR) com 51 faltas;

11- Carlinhos Florêncio (PHS) com 51 faltas;

12- Graças Paz (PSL) (até 04/10/2015) com 51 faltas;

13- César Pires (PEN) com 44 faltas;

14- Roberto Costa (PMDB) com 43 faltas;

15- Edilázio Júnior (PV) com 43 faltas;

16- Max Barros (PRB) com 41 faltas;

17- Valéria Macêdo (PDT) com 39 faltas;

18- Rogério Cafeteira (PSC) com 40 faltas;

19- Rafael Leitoa (a partir de 12/02/2015) com 38 faltas;

20- Sousa Neto (PROS) com 37 faltas;

21- Andréa Murad (PMDB) com 32 faltas;

22- Fernando Furtado (PCdoB) (a partir de 23/02/2015) com 31 faltas;

23- Vinícius Louro (PR) com 29 faltas;

24- Ana do Gás (PCdoB) com 29 faltas;

25- Rigo Teles (PV) com 28 faltas;

26- Stênio Rezende (DEM) com 27 faltas;

27- Ricardo Rios (SD) com 27 faltas;

28- Fábio Macedo (PDT) com 24 faltas;

29- Marco Aurélio (PCdoB) com 22 faltas;

30- Fábio Braga (SD) com 22 faltas;

31- Cabo Campos (DEM) com 22 faltas;

32- Levi Pontes (PCdoB) com 20 faltas;

33- Raimundo Cutrim (PCdoB) com 19 faltas;

34- Adriano Sarney (PV) com 18 faltas;

35- Júnior Verde (PRB)com 17 faltas;

36- Zé Inácio (PT) com 16 faltas;

37- Edivaldo Holanda (PTC) (até 17/08/2015) com 16 faltas

38- Toca Serra (PTC) (a partir de 18/08/2015) com 15 faltas;

39- Othelino Neto (PCdoB) com 15 faltas;

40- Francisca Primo (PCdoB) com 11 faltas;

41- Cristóvão Filho (a partir 05/10/2015) com 7 faltas;

42- Neto Evangelista (PSDB) (a partir de 22/02/2015) com 5 faltas;

43- Wellington do Curso (PP) com 4 faltas;

44- Bira do Pindaré (PSB) (a partir 22/02/2015) com 4 faltas;

45- Humberto Coutinho (PDT) com 0 faltas;

46- Eduardo Braide (PMN) com 0 faltas

Fonte: blog do Neto Ferreira