Jamais venderemos a Timon City, muito pelo contrário compraremos é mais dez ônibus, disse Ramon Alves, assista entrevista

04/11/2016

O empresário Ramon Alves manteve contato com o Galo para dá sua versão no que se refere a comentarios em Timon, sobre uma possivel venda da empresa Timon City,para um parente do dono da Dois Irmãos.                                                                                                                                                                                                                                                                                                De acordo com Ramon, os comentarios não tem fundamento e não sabe de onde e de quem partiu a notícia publicada nas bicadas do galo, pois jamais se cogitou a venda da empresa, muito pelo contrario, a empresa vai crescer ainda mais e está fazendo novos investimentos, com novas frotas para atender algumas linhas que hoje não são atendidas em Timon.

Ele acrescentou ainda que até final de dezembro para inicio de janeiro receberá mais dez ônibus novos para circularem na cidade de Timon.                                                                                                                                          Quanto a está funcionando no vermelho, ele desmentiu e colocou que se tivesse no vermelho e dando prejuízo, a empresa não estava rodando com a tarifa promocional, que é de R$ 2.75 e sim já estaria circulando com a tarifa de 2.90, tarifa essa que é autorizada pela ANTT.

A entrevista com Ramon Alves, que teve como finalidade ouvir a versão do empresário sobre comentários de uma possível venda da Timon City,  comprova assim a forma imparcial do site cozinhandoogalo.com.                                                                                                                                                       vale ressaltar que antes de publicar a matéria na coluna bicadas do Galo na data de 02/11, tentamos vários contatos com Ramon e não tivemos sucesso, ao ser publicada a citada matéria o empresario procurou o Galo com a finalidade de dá sua versão , o que foi prontamente atendido.

Por Jorge Simplicio