A mãe que jogou o filho recém nascido dentro do lixo já foi solta, a justiça diz que ela é vítima da sociedade

21/07/2017

Ana Nubia Almeida da Silva, 40 anos, residente no bairro São Benedito, presa na última terça-feira(18) após jogar dentro do lixo o corpo do filho recém nascido,já está solta.

Ela ganhou liberdade nesta sexta-feira(21) ,72hs depois de ter cometido um crime que chocou a cidade de Timon 

A decisão dr. José Elismar Marques, juiz da 3ª Vara Criminal de Timon

Na  justificativa do juiz ele diz, "A acusada é desprovida de cultura e sem assistência social, sendo portanto, também vítima circunstancial desses fatores. Já com três, dois ainda menores, se viu na iminência de ter mais filhos e a todos ver sofrer a penas do desajuste social. O crime é grave e de grande repercussão social. O autor desses fatos nem tanto. Não vejo neste momento qualquer condições que justifiquem a prisão desta pobre coitada. Ela não demonstra ser criminosa em potencial ou que tenha agido com dolo grave".

 De acordo com o mandato de soltura, Nubia vai ter que comparer mensalmente em juízo para informar e justificar o que tem feito.                                                                                                                                                      Ela está proibida de frequentar bares, prostíbulos e casas de jogos.

Nubia Almeida da Silva, 40 anos, é mãe solteira mora com um filho de 20 anos e mais dois filhos menores de idade

O corpo do recém nascido foi encontrado na manhã de terça-feira dentro de um carro coletor de lixo na avenida Tiúba, próximo a avenida Perimetral

A descoberta foi feita por um dos garis que trabalha no carro ao perceber algo estranho em um saco, ao pegar o saco o mesmo descobriu que era um feto de um bebê.

Em depoimento para a Polícia, Ana Nubia declarou que o parto ocorreu durante um banho, sendo que o corpo da criança foi enrrolada em uma toalha e deixada no banheiro até ela decidir colocar o corpo da criança em um saco e colocar na lixeira a espera do carro de lixo.

Reveja a matéria da prisão de Nubia.